Ministério de Libras

Atualizado: Jul 22


Me chamo Ana Paula Menezes, tenho 46 anos, empresária no ramo de Seguros, formada em direito, cursando Faculdade de Comunicação Assistiva - Tradutor e Intérprete de Libras.

Minha conversão ocorreu em 2001 e sou discípula dos Pastores Maurício e Fernanda Mendes. Sou casada com Marcos Nascimento e tenho 2 filhos, Vitor (21) e Isabela (15).


Minha história com a Língua Brasileira de Sinais (Libras) começou ainda criança com o "A de amor, B de baixinho, C de coração..." da Xuxa (risos), costumo dizer o quanto isso me deixou impactada por saber que poderia fazer letras, números e cantar com as mãos, mas não tinha o conhecimento aprofundado do que era a Libras.


Conheci meu esposo em 1995 e sua irmã Marcela, surda. Tive dificuldades para compreender aquela realidade e notei as dificuldades de socialização e convívio no qual ela estava inserida - ela precisava de uma escola voltada para surdos -.


Minha primeira formação em Libras foi em 2001, na época não existiam cursos como os de hoje e minha evolução estagnou, somente após 17 anos participei de um seminário liderado por Rebeca Nemer, e junto aos meus pastores nos unimos em oração e aguardamos o direcionamento de Deus. No ano seguinte fui para Jerusalém e no muro ocidental consagrei o assunto a Deus.


Durante muito tempo de oração, pedia não só para que Deus estabelecesse o ministério, mas que levantasse um líder por conta da minha timidez.


Continuei a me preparar fazendo diversos cursos da área e já podia contemplar o mover de Deus. Foram muitas experiências que aqueceram meu coração, como sinalizar para surdos em missões do VÁ (Ministério Voluntários do Amor), participação em Lives do IES Kids (Ministério Infantil).


A palavra que Deus trazia ao meu coração era a passagem de Josué 1.9: “Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Deus estava cuidando dos detalhes, me aperfeiçoando e levantando voluntários para esta missão.


Formamos então o primeiro grupo de ensino, já que haviam muitos interessados, imaginei que chegariam pessoas em contato com surdos e que eu poderia ter uma célula voltada para eles.

O que Deus tem feito é reunir um grande número de voluntários empenhados em aprenderem e aplicarem a Libras e hoje estamos no segundo grupo de ensino iniciando em Agosto/21.


A população de surdos é de mais de 9 milhões de pessoas em todo o país, mas apenas 2% são cristãos. Esse número mostra as grandes dificuldades de acessibilidade e socialização enfrentadas.


Em Romanos 10:14 diz “Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?

O chamado ficou claro!

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus (Isaías 40:3).


A Palavra vinda de Jerusalém em 2019-2020 estava alinhada a este chamado - Preparem a igreja em todos os sentidos, para todos, sem distinção…


Atualmente a célula Geração Videira faz tradução simultânea da Palavra de Deus em Libras.


Ainda não conseguimos mensurar a dimensão em alcance deste ministério, mas nós os ceifeiros estamos preparados para a seara, com as veredas endireitadas para receber uma grande multidão de surdos.



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo