Falas de Jesus - Parte 2

Atualizado: Nov 16

Lucas 2: 49

Então Ele lhes perguntou: “Por que me procuráveis? Como não sabíeis que era meu dever tratar de assuntos concernentes ao meu Pai?”.

Esta é a primeira fala de Jesus descrita na Bíblia, aos 12 anos! Ele sobe com seus pais para a festa da Páscoa em Jerusalém. Na volta, seus pais não percebem que ele ficou. Será que isso é possível sendo Jesus filho único?


Como a Bíblia não explica, a cultura judaica nos dá uma luz. Toda criança até os 12 anos é cuidado pela mãe. A partir dos 12 (Bar ou Bat Mitzvah) a criança é inserida na sociedade e começa a ser acompanhada pelo pai. Jesus estava nesta transição. Os homens e mulheres viajavam separados, então pode ter realmente acontecido que tanto José quanto Maria não perceberam a ausência do filho achando um que o outro o acompanhava.


Quando percebem, começam uma busca e só após 03 dias O encontram ministrando mestres e doutores - que estavam maravilhados com sua inteligência.


Repreendido por seus pais, a resposta de Jesus é o texto que lemos no início!


Ele faz duas perguntas, e nestas, ensina algumas coisas:


1. Onde estamos, ou melhor, onde as pessoas têm nos encontrado? Na presença do Pai? O templo naquela época representava - através da arca - a própria presença de Deus!

2. Temos deveres em Cristo Jesus, o próprio filho de Deus sabia de suas responsabilidades. Como cristãos, temos o chamado a uma vida de oração, amor ao próximo, leitura da Palavra e pregação do evangelho.

3. Não existem limites para Deus nos usar! Jesus, tinha 12 anos - praticamente uma criança - mas Ele sabia de sua autoridade em Deus. A questão não é ser novo ou velho, rico ou pobre, estudado ou incauto… mas sim você saber sua posição em Deus!


E por fim, existe uma relação profética nesta passagem, vamos aos fatos:

  • O menino Jesus perde-se em Jerusalém. E Jesus morrerá em Jerusalém.

  • O menino Jesus perde-se numa festa da Páscoa. E Jesus morrerá numa festa da Páscoa.

  • O menino Jesus perde-se durante três dias até o voltarem a encontrar. Jesus, ao morrer, desaparecerá três dias até voltarem a encontrá-lo.

Para se perder em Jerusalém, o menino Jesus teve que “subir” da Galileia. Para morrer em Jerusalém, Jesus teve que “subir” da Galileia (Lc 18,31).


Diante da angústia de seus pais, o menino Jesus diz-lhes que a sua perda “é necessária”. Perante a angústia dos seus discípulos, Jesus diz-lhes que a sua morte “é necessária”


Quando Jesus explica porque razão se “perdeu”, seus pais “não compreenderam as palavras que lhes disse”. Quando Jesus explica o porquê da sua paixão, os seus discípulos “não compreenderam estas palavras”.


Quando se perde, Jesus repreende os seus pais: “Porque me procuráveis?” Quando Jesus morre, repreendem as mulheres que o procuram: “Porque buscais o Vivente entre os mortos?”


O menino diz que se perde para estar com seu Pai. Jesus, ao morrer, entrega o seu Espírito ao Pai.


Deus os abençoe! Shalom!

Pr. Carlos Henrique.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo